sexta-feira, 25 de março de 2011

Todos nós nos lembramos de histórias que nossos pais nos contavam na infância, desde o sapato que serve na cinderela, o sapo vira principe, chapeuzinho vermelha é salva, a bela adormecida acorda... Era uma vez... Felizes para sempre... Contos de fadas, histórias e só. Coisas de sonhos. O problema é que sonhos a maioria das vezes não se tornam realidade. São as outras histórias... os pesadelos. Aquelas (es), que começam com uma tempestade em noite sombria, gritos e que terminam de formas que são indescritiveis. São sempre os pesadelos que parecem se tornar realidade. A pessoa que inventou o "felizes para sempre" devia levar uma surra daquelas... A realidade é muito mais agitada, muito mais turva e muito mais ASSUSTADORA!

4 comentários:

Géssica Oliveira disse...

Os contos de fadas nos dão a ilusão de que no final tudo vai dar certo.
E quando a gente acredita, acaba conseguindo um felizes para sempre, ou até a próxima desilusão. Mas a gente se permite ser feliz pq a gente acha q é p sempre.^^

Fabrício F.B disse...

Ah ah! Sério Géssica? Não dão? Fala sério... quando somos crianças acreditamos ne toda essa ilusão e mais um pouco! E ultimamente mesmo acreditando, o mais fácil de se encontrar é um "até a próxima desilusão". Vc acha que é para sempre? :S (Pena de vc)

Géssica Oliveira disse...

E oq é isso Fabri? TPM?

Fabrício F.B disse...

Nada... só sendo realista msm! ¬¬